Notícias > Política

27/09/2013
15:07

Pelo terceiro ano consecutivo, Ana Amélia é premiada entre os dez melhores senadores no Prêmio Congresso em Foco

Premiação aconteceu na noite desta quinta-feira dia 26

A senadora Ana Amélia (PP-RS) recebeu na noite desta quinta-feira (26) a premiação do conceituado site Congresso em Foco por ter sido indicada entre os dez melhores senadores de 2012. A escolha foi feita por 166 jornalistas de 45 veículos de comunicação que cobrem o dia a dia do Congresso Nacional. A parlamentar gaúcha também foi premiada entre os quatro parlamentares de todo o Congresso Nacional (incluindo 81 senadores e 513 deputados) que mais atuam em defesa da educação.

Pelo terceiro ano consecutivo, em três anos de mandato, a senadora Ana Amélia ficou entre os dez melhores senadores na premiação do Congresso em Foco e foi a única presença feminina na lista. “Fico honrada com esse reconhecimento. Significa uma alegria muito grande receber o prêmio por três anos consecutivos. Isso aumenta ainda mais a responsabilidade de corresponder a todos”, disse a senadora.

Atuação Ana Amélia integra seis Comissões Técnicas no Senado Federal: Educação, Cultura e Esporte, da qual é vice-presidente; Agricultura e Reforma Agrária; Assuntos Sociais; Assuntos Econômicos; Desenvolvimento Regional e Turismo; e Relações Exteriores. Também integra a Representação Brasileira no Parlamento do Mercosul (Parlasul) e a Comissão Senado do Futuro.

A progressista é autora de projetos que ganharam destaque, como o PL 3998/2012, que prevê que os planos de saúde cubram o tratamento do câncer em casa, via oral; o PL 76/2011, que isenta os aposentados e os pensionistas do INSS com mais de 60 anos de pagar o Imposto de Renda; o PLS 330/2011, que prevê a regulamentação de contratos de integração entre produtores e indústrias e contempla todo o setor agropecuário; e o PLS 7/2012 que restringe o benefício da saída temporária de presos apenas aos réus primários e somente uma vez por ano.

Foi relatora de matérias importantes, como o substitutivo (SCD 32/1997) que garante ao paciente o direito ao primeiro tratamento contra o câncer pelo SUS no prazo máximo de 60 dias a partir da confirmação do diagnóstico, e o projeto de lei (PLC 3/2012) para que a cirurgia para reconstituição da mama seja realizada no mesmo procedimento para a retirada do seio por conta do tratamento do câncer. Ambos já foram transformados em lei.


Fonte: Renan Arais

BUSCA NO SITE

Um valor é necessário.